• Casa do Mecânico

As funcionalidades de um compressor de ar: Da indústria até atividades domésticas

Atualizado: 25 de Nov de 2019


Os compressores de ar têm por funcionalidade a conversão de gás de baixa pressão em gás de alta pressão.

O compressor de ar é uma ferramenta versátil, utilizada em diferentes setores da indústria e, acredite, também para diversas necessidades domésticas. Existe uma variedade de opções no mercado, por isso a importância de conhecer as ofertas, suas capacidades e indicações. Então, antes de adquirir o equipamento é importante informar ao consultor de venda para que finalidade será utilizado, e assim ter assertividade na escolha.

Como funciona o mecanismo do compressor de ar?

O mecanismo parece complexo, mas na verdade é simples. O compressor de ar, é uma máquina pneumática que funciona captando o ar externo, ou seja, o ar do ambiente, armazenando-o sob alta pressão em seu reservatório, transformando-o em ar comprimido a partir de movimentos mecânicos produzidos por energia elétrica ou motores à gasolina ou diesel.

Tipos de compressores e suas funcionalidades

Neste artigo vamos falar dos dois modelos de compressores de ar disponíveis no mercado, que se diferenciam pela forma com que se movimentam para a captação, armazenamento e produção da energia de alta pressão. Conhecendo as características do equipamento e suas capacidades, facilita a compra adequada para o tipo de função para qual será aplicado, avaliando o custo benefício com base nas informações de gasto energético, potência, capacidades, tensão, manutenção, vazão, por exemplo.

( Veja aqui mais modelos de compressores)

CLASSIFICAÇÃO DOS COMPRESSORES DE AR

A classificação dos compressores de ar se divide em dois principais tipos: volumétricos e dinâmicos.

Volumétricos – compressores de parafusos

Os volumétricos têm um mecanismo que funciona através de pistões que puxam o ar do ambiente, comprimem em seu reservatório e após este processo o ar comprimido pode ser utilizado quando for necessário. Esse tipo de compressor possui dois eixos rotativos em forma de parafusos que giram em sentido contrário, realizando uma engrenagem, na qual o volume de ar é reduzido ao longo do comprimento da peça, gerando um aumento na pressão.

Dinâmicos – turbo compressores

Os dinâmicos (turbo-compressores) atuam com base na elevação da pressão, adquirida pela conversão da energia cinética em pressão no deslocamento do ar pelo equipamento. O ar entra em contato com impulsores em alta velocidade, fica acelerado e recebe energia cinética via impulsores e então é expelido de maneira lenta por difusores.

PRINCIPAIS MODELOS DE COMPRESSORES DE AR

Compressores de Êmbolo

Esse modelo apresenta pelo menos três tipos que se diferenciam pela forma como se movimentam para a compressão do ar. São eles:

Compressor de pistão: possui um êmbolo que realiza um movimento linear e é apropriado para dos os tipos de pressão.

Compressor de pistão de dois ou mais estágios: este modelo realiza a compressão do ar com pressões mais fortes sem a necessidade de esforço.

Tanto o primeiro modelo, quanto o segundo exigem um sistema de refrigeração para eliminar o calor gerado.

Compressores de membrana: funcionam de forma semelhante aos compressores de pistão, porém este não possibilita que o ar entre em contato com as partes móveis do equipamento, o que evita, por exemplo, que o ar se contamine com os resíduos de óleo. Diante disso, são modelos muito utilizados em indústrias farmacêuticas e alimentícias.

2. Compressores rotativos

Assim como os compressores de êmbolo, os compressores rotativos apresentam três modelos diferentes. São eles:

Compressor rotativo multicelular: neste modelo, a pressão é gerada pelo giro de um eixo rotativo com palhetas. O que se destaca como vantagem desse mecanismo é a pressão contínua e o baixo ruído.

Compressor duplo parafuso: o mecanismo possui dois parafusos helicoidais, de perfis côncavo e convexo, que comprimem o ar e o conduzem de forma axial.

Compressor roots: este modelo é chamado de compressor de deslocamento positivo, pois realiza o transporte de ar de um lado para outro sem que haja alteração de volume, uma vez que a compressão é feita no canto dos êmbolos.

Compressores de ar para oficinas mecânicas

Os compressores de ar são equipamentos básicos dentro de centros automotivos, oficinas ou borracharias, sejam elas de pequeno ou grande, uma vez que tornam mais fáceis e rápidas atividades rotineiras como serviços de pintura, inflar ou calibrar de pneus, içamento de rampas e ainda limpeza e higienização dos espaços.

Compressores de ar para uso doméstico ou hobby

Para uso doméstico ou produções artesanais e outros trabalhos leves, o compressor de ar pode ser mais compacto, de tamanho menor, fácil de guardar e ainda mais econômico no gasto de energia. Eles são bastante utilizados para pinturas, limpeza, inflar balões, entre outras atividades.

Compressores de ar para construção civil

Apesar de já existirem novas ferramentas e mais modernas que poderiam substituir o compressor de ar, o equipamento ainda é fundamental e amplamente utilizado na construção civil. Estão presentes em pedreiras, no funcionamento de perfuratrizes, em fundações prediais, injeção de concreto, limpeza de asfalto, pinturas de fachadas e em obras de demolições com martelos hidráulicos.

Além destes exemplos que falamos aqui, compressores de ar são fundamentais na rotina das indústrias de diferentes setores, em atividades hospitalares, clínicas odontológicas, em processos de tratamento de água e esgoto, na agricultura, entre tantos outros segmentos, na rotina das operações.

Para ajudar você a escolher o equipamento mais aderente às suas necessidades, a Casa do Mecânico criou uma tabela comparativa com alguns modelos de compressores de ar, com indicação de uso. Veja aqui:

#compressoresdear #compressordear #arcomprimido

1,039 visualizações

© 2023 por Sandro Esteves. Orgulhosamente criado com Wix.com