• casadomecanico4

Scanner automotivo - Imprescindível para o diagnóstico preciso dos sistemas eletrônicos do veículo

Atualizado: 25 de Nov de 2019


A leitura de erros por scanner pode ajudar a identificar problemas simples, geralmente não percebidos, mas que às vezes são capazes de desencadear avarias mais complexas.

Quando alguma luz acende no painel do veículo, normalmente está indicando que alguma coisa pode estar errada, e que pode ser um pequeno problema ou alguma coisa mais séria. Nessa hora o scanner é fundamental para diagnosticar e corrigir o erro de acordo com a leitura indicada pelo dispositivo.

O scanner automotivo é um aparelho que recebe e impulsiona, em tempo real, todos os parâmetros operacionais de injeção eletrônica do veículo, com a função de identificar e corrigir possíveis falhas no sistema.

A ativação do scanner normalmente se dá através de um plug chamado OBD, ou os mais recentes OBD II. A sigla OBD, em inglês quer dizer On Board Diagnostics, o que significa “diagnóstico de bordo”. É um sistema que acessa sistemas de automóveis nacionais e importados, de diversos fabricantes, que ligado à central eletrônica do carro, permite a leitura e transmissão dos mais variados tipos de dados mecânicos.

O padrão foi criado inicialmente por consequência da necessidade de reduzir custos para o diagnóstico dos carros em oficinas, seu histórico está ligado diretamente com a necessidade do controle de emissão de poluentes e teve início com os mais simples sistemas de injeção eletrônica. O sistema foi se aperfeiçoando com o tempo e adquiriu um viés econômico.

O diagnóstico eletrônico através do scanner, muitas vezes agiliza os reparos e reduz a necessidade de levar o veículo a uma oficina mecânica, o que é totalmente vantajoso para os proprietários.

Como funciona o Scanner Automotivo?

Para entender o funcionamento do scanner, é importante falar da ECU (Unidade de Controle Eletrônico) do veículo, a qual funciona com sensores e atuadores, que possuem uma resistência elétrica. A ECU possui em sua memória um mapeamento de valores, e a partir destas informações é capaz de enviar e receber uma tensão. Quando um desses valores está alterado, seus sensores indicam que alguma peça não está funcionando como deveria.

Com isso a luz do painel de instrumentos irá acender, informando que algo está errado com algum componente do veículo, por exemplo: o sensor lambda (sonda lambda) não está enviando a tensão dentro dos parâmetros mapeados. Dessa forma o Scanner apenas lê e identifica o que a ECU está informando. Através das leituras do Scanner, será identificado o código do erro.

Alguns Scanners além de informar o código, irá apontar aonde é o erro e o que está acontecendo com a peça envolvida. É possível também fazer a leitura do funcionamento do motor, verificar medidas como temperatura da água, temperatura do ar admitido, leitura da sonda lambda, entre outros sensores do motor. Essa leitura se é conhecida como modo contínuo. É interessante destacar que as informações são repassadas conforme a interpretação realizada pelo Scanner Automotivo.

Alguns veículos possuem comunicação entre suas próprias centrais (módulos), através da rede de comunicação do carro. Dependendo do veículo, é possível identificar problemas nessas outras redes do carro com a leitura do Scanner também.

Algumas razões para realizar o diagnóstico no seu veículo

Vida útil do carro, das suas peças e redução de custo com reparos e tempo na oficina.

Prever problemas e resolver com rapidez e eficiência, evita que tais problemas se proliferem por todo o carro. Desta forma evita-se que a vida útil de peças que estão em bom estado, não se prejudiquem por peças danificadas, o que contribui para vida útil do carro. O quanto antes for diagnosticado e resolvido o defeito no scanner, menor será o dano no veículo, caso o veículo tenha sofrido com o defeito.

Identificando o defeito, você consegue substituir somente as peças que estão com defeito, sem a necessidade de trocar peças adicionais que estão em bom estado, o que reduz o custo de manutenção também.

Quais os problemas mais comuns que o Scanner Automotivo detecta e corrige?

É constatado que a injeção eletrônica é o sistema que mais apresenta problemas devido à utilização de combustíveis de pouca qualidade, visto que se trata de um sistema muito robusto, mas ao mesmo tempo delicado, pois na maioria das vezes a injeção não interrompe o serviço, mas perde o desempenho, fazendo subir o consumo e ocasionando a perda de força do motor, algo que se torna bastante perceptível quando o motor começa a falhar. Com um scanner, além de ter um diagnóstico confiável, você pode interagir com várias funcionalidades da injeção, entre elas, as principais:

- As funções de zerar o sistema - Correção em falhas de leitura - Realizar novas e mais eficazes estratégias para a injeção eletrônica.

Além de identificar problemas no sistema de injeção eletrônica, o scanner ajuda a verificar, em tempo real, os dados de consumo e pressão do combustível, a temperatura do carro, sua rotação, a carga da bateria, a temperatura do ambiente, água do radiador e ainda a distância percorrida.

E mais, em carros modernos, o scanner automotivo detecta alguns erros e corrigir eletronicamente, sem a necessidade de qualquer intervenção do proprietário ou mecânico.

Na Casa do Mecânico, você encontra diversos tipos de scanners e peças para o dispositivo, com preços especiais. Visite o nosso site e confira:

https://www.casadomecanico.com.br

#scannerautomotivo #casadomecanico

0 visualização

© 2023 por Sandro Esteves. Orgulhosamente criado com Wix.com